top of page
  • Foto do escritorContato Condominios

Controle de pragas em condomínios: a importância da dedetização e desratização

Um dos temas mais importantes e que deve ser planejado pela administração do condomínio é o controle de pragas, já que a infestação de insetos e roedores pode trazer problemas de saúde para os moradores e gerar situações desconfortáveis.


Em áreas urbanas, é comum a infestação de animais como ratos e insetos que migram para ambientes residenciais em busca de abrigo e comida, essenciais para a sobrevivência destas espécies.

Entretanto, é preciso ter cuidado, já que esses animais podem causar danos diretos aos condôminos pela transmissão de doenças, além de prejuízos financeiros pela destruição de móveis, eletrodomésticos, fiação, alimentos e tecidos provocando verdadeira sensação de alarme e insegurança.


E impossível dar destinação correta aos resíduos que atraem esses animais, entretanto, algumas práticas são importantes e devem ser compartilhadas entre moradores e condomínio. Além de manter ambientes limpos e organizados, evitando acúmulo de materiais que possam esconder ninhos e colônias, é imprescindível que a administração mantenha um planejamento sério de controle de pragas, contando com o auxílio de empresas especializadas na aplicação de produtos e técnicas adequadas para prevenir a proliferação ou desinfestar ambientes já contaminados.

Entre os procedimentos de controle e prevenção de pragas mais importantes destacam-se a dedetização e a desratização que, embora não haja determinação legal quanto ao prazo de realização, é importante mantê-las em dia, respeitando o intervalo de, no máximo, seis meses entre cada procedimento, considerando o tamanho do condomínio, número de moradores e grau de exposição do imóvel à proliferação de pragas pela sua localização. Entenda a diferença entre os dois procedimentos:


Dedetização: é a ação de eliminar certos artrópodes nocivos, principalmente insetos, por meios químicos, físicos ou com a aplicação de medidas de saneamento básico.

A dedetização também pode ser bastante eficaz no controle de aranhas.


Desratização: é a eliminação de ratos em um determinado local, com uso de raticidas e armadilhas para exterminar os roedores. Além das armadilhas, como gaiolas e ratoeiras, os métodos mais utilizados pelas empresas especializadas é o uso de iscas que atraem os roedores e pó químico, para aplicação em esgotos e tocas de animais.




댓글


bottom of page