top of page
  • Foto do escritorContato Condominios

Aumento na bandeira tarifária em julho: o que muda na conta de energia elétrica do condômino?

A ANEEL anunciou na última semana o reajuste de 52% na bandeira tarifária vermelha, o que representa o valor mais caro já cobrado pela energia elétrica no país. O novo valor do kWh, que passou a viger neste do mês de julho, aumentou de R$ 6,24 para R$ 9,49 a cada 100 kWh gastos.


Para exemplificar em termos práticos, os consumidores que mantêm uma media de 152 kWh por mês, passariam de R$ 118,15 cobrados em junho para o valor de R$ 124,59 em julho quando passa a valer o reajuste no patamar 2 da bandeira vermelha.


De acordo com a ANEEL o reajuste é parte da estratégia para contornar o baixo nível de armazenamento de água nos reservatórios de hidrelétricas responsáveis por mais da metade da capacidade de geração do país e deve custar pelo menos R$ 9 bilhões aos consumidores.


A sobretaxa aplicada a conta de energia elétrica dos brasileiros não é precisamente uma novidade, desde o mês de junho a bandeira vermelha no patamar 2 está vigente, no entanto com o reajuste é preciso controlar ainda mais os gastos, evitando o desperdício e usando aparelhos elétricos de forma consciente.


Para driblar o possível rombo no orçamento, a Contato Condomínios trouxe algumas informações importantes para otimizar o consumo no condomínio e reduzir o impacto nas contas do mês. Acompanhe nosso blog e fique por dentro das melhores dicas.



1 commentaire


TV Box
TV Box
20 oct. 2021

Bom dia Contato Condomínios . Muito interessante seu conteúdo!


Chegou a hora de você se aperfeiçoar!

Aprenda uma das profissões mais bem pagas do mercado brasileiro.

Elétrica Predial e Residencial.


Acesse esse link e saiba como: https://bit.ly/Aprenda-Eletrica-Residencial

J'aime
bottom of page